fbpx

Problema elétrico afeta entregas da Boeing

Contratempo afeta alguns aviões 737 Max, que estão parados por causa de um problema de aterramento elétrico de algumas peças

A Boeing continua lutando com um problema elétrico que afeta alguns aviões 737 Max e o contratempo está prejudicando a capacidade do fabricante da aeronave de entregar novos produtos. A empresa disse nesta terça-feira, 11, que entregou 17 aviões em abril, incluindo apenas quatro jatos Max.

O ritmo lento prejudica a geração de caixa da Boeing porque as companhias aéreas e outros clientes geralmente pagam uma grande parte do preço de compra de um avião no momento da entrega.

O Max, o avião mais vendido da Boeing, ficou bloqueado por 20 meses após dois acidentes que mataram 346 pessoas. As entregas do jato foram retomadas em novembro passado, depois que a Boeing atualizou um sistema de controle de voo.

Mas agora cerca de 100 jatos Max estão parados por causa de um problema de aterramento elétrico de algumas peças. A Boeing levou muito mais tempo do que o esperado para encontrar uma solução.

Ed Pierson, um ex-gerente de produção da Boeing, disse ao Congresso que o problema elétrico deveria ter sido detectado durante a análise pós-acidente do Max. Ele criticou a Federal Aviation Administration por focar sua revisão no sistema de controle de voo e não examinar os problemas de produção.

A companhia, sediada em Chicago, disse ter recebido pedidos de 25 aviões no mês passado, mas os clientes cancelaram 17 pedidos Max, resultando em pedidos líquidos de oito aviões.

Com informações de Estadão Conteúdo

Imagem: Divulgação

 

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: