fbpx

Americanas passa a aceitar pagamento com Pix em 100% das lojas físicas

Operação estava em teste em São Paulo e no Rio desde o ano passado

Todas as 1.707 lojas físicas da Americanas espalhadas pelo Brasil agora aceitam o Pix como meio de pagamento. Em dezembro de 2020, a plataforma digital da Americanas já havia sido o primeiro grande e-commerce a aceitar o serviço desenvolvido pelo Banco Central. As operações vinham sendo testadas em unidades da Americanas no Rio de Janeiro e em São Paulo nos últimos meses.

“Os consumidores escolhem o Pix na medida em que se informam sobre as vantagens do meio de pagamento. Este início da aceitação do Pix nas lojas físicas será acompanhado por uma comunicação visual nos caixas para orientar o cliente sobre a nova opção de pagamento. Nossos operadores de caixa também receberam treinamento para melhor atender os clientes que desejarem utilizar esta modalidade. O Pix trará mais comodidade pra os clientes, que não precisarão portar cartão ou dinheiro em espécie para pagamento, reduzindo o tempo da jornada de compra e aumentando a praticidade”, afirma o CFO da Americanas, Carlos Padilha.

O pagamento via Pix na Americanas é gratuito para pessoas físicas ou jurídicas – isento de cobranças operacionais – e pode ser efetuado por meio da instituição financeira ou carteira digital de preferência do cliente. Mesmo clientes que não tenham chave cadastrada podem usar essa forma de pagamento, bastando apontar o celular para o código gerado no momento da compra.

Mudanças nas lojas

A implementação do Pix nas lojas demandou mudanças no software do sistema de caixa, de modo a incluir funções específicas, como a exibição do QR Code no monitor.

A tecnologia por trás desta solução na Americanas foi desenvolvida pela Ame Digital – fintech e plataforma mobile de negócios do Universo Americanas – que viabiliza o fluxo de todas as transações realizadas com Pix nas lojas físicas, integrando o cliente, o ponto de venda, bancos e carteiras digitais, e o sistema do BC.

O Pix foi criado para reduzir custos e trazer mais conveniência aos consumidores, entre outros benefícios. Os pagamentos são realizados em até dez segundos, de forma gratuita para pessoas físicas. O pagamento instantâneo é uma opção ao uso de dinheiro em espécie, cartões e boletos.

Brasileiro quer Pix no varejo

Uma pesquisa realizada pelo C6 Bank e pelo Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) aponta que 67% dos brasileiros querem usar o Pix para pagar compras no varejo. A disposição para adotar essa modalidade de pagamento em estabelecimentos comerciais é superior na faixa mais jovem entrevistada, que tem entre 16 e 24 anos. Nesse grupo, o número de pessoas que quer usar o sistema é quase seis vezes maior que o que não quer adotar.

A resistência à novidade aumenta conforme a idade. Na população com mais de 55 anos, por exemplo, essa relação é de dois para um – ou seja, para cada duas pessoas, uma não quer pagar contas com Pix no varejo.

A pesquisa do C6 Bank também revela que o índice de aceitação é maior nas regiões Norte/Centro-Oeste e nas cidades com até 500 mil habitantes. As entrevistas foram feitas entre os dias 22 e 28 de abril deste ano com 2 mil brasileiros com acesso à internet no País todo. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: