fbpx

Rede de varejo chinesa Miniso cresce no ritmo de uma loja por dia

Empresa tem crescido com foco no online e no mercado de brinquedos

A rede de varejo chinesa Miniso tem acelerado o ritmo de expansão durante a pandemia de Covid-19: nos últimos 12 meses, 364 lojas físicas foram inauguradas pelo mundo, o que equivale praticamente a uma por dia. A empresa foi fundada em 2013 em Guangzhou, na China, e vende produtos com design japonês de baixo preço. No Brasil, são cerca de 40 lojas.

A unidade mais recente foi inaugurada em meados de maio no centro cultural e universitário da cidade de Lille, na França. É a terceira loja da Miniso no país e a décima inauguração na Europa somente neste mês – indicativo tanto da expansão global acelerada da varejista quanto de sua construção em cidades menores.

Impulsionada por um boom nas vendas de brinquedos e comércio eletrônico em seu mercado doméstico, a China, a Miniso está procurando replicar esses sucessos no exterior.

“Os negócios online foram acelerados pela pandemia e serão uma das prioridades para o desenvolvimento futuro do Miniso”, disse o diretor de Marketing e chefe de Comércio Eletrônico da rede, Robin Liu. “Além das colaborações existentes com todas as principais plataformas de comércio eletrônico, a Miniso também está digitalizando de outras maneiras.”

Liu destacou o uso de aplicativos sociais para manter contato mais próximo com os clientes, a instalação de máquinas de venda automática e o planejamento de mais transmissões ao vivo de compras dentro e fora da China. “Ao implementar essas tecnologias de varejo digital, estamos tornando as compras na Miniso mais convenientes e com menos necessidade de contato físico.”

Rede de varejo chinesa Miniso cresce no ritmo de uma loja por dia
Abertura de unidade em Sliema, uma cidade costeira de Malta

Foco nos canais online

A receita total da rede para o terceiro trimestre de 2021 atingiu US$ 340,3 milhões, representando um aumento ano a ano de quase 37%, conforme publicado nos resultados financeiros não auditados da marca para o terceiro trimestre do ano fiscal de 2021, que terminou em 31 de março de 2021.

O lucro líquido foi de US$ 22,7 milhões, representando um aumento de 77% em relação ao trimestre anterior – superando as estimativas dos analistas de Wall Street e estabelecendo um novo recorde para o Miniso desde o surto do Covid-19.

A contribuição da receita de canais online, incluindo e-commerce e vendas O2O (online para offline), ultrapassou 10% pela primeira vez neste trimestre, reflexo dos esforços com foco na omnicanalidade. O negócio de e-commerce da varejista contribuiu com cerca de US$ 26,1 milhões em receita, aumentando 86% ano a ano e representando 7,7%. O negócio O2O contribuiu com quase US$ 10,7 milhões em receitas, representando 3,1% das vendas totais.

Rede de varejo chinesa Miniso cresce no ritmo de uma loja por dia
A submarca Top Toy abriu 25 lojas nos últimos cinco meses

Submarca de brinquedos

A categoria de brinquedos se tornou outro novo motor de crescimento para a Miniso. As vendas de brinquedos no mercado da China quase dobraram (189%) em comparação com o ano passado, e a marca deve duplicar esse sucesso nos mercados internacionais.

Em resposta à forte demanda do mercado, a Miniso lançou sua primeira submarca independente, chamada Top Toy, para atender aos mercados de itens colecionáveis ​​e brinquedos de arte. Desde sua estreia, no final de dezembro de 2020, a Top Toy lançou mais de 2 mil produtos, voltados para crianças e adultos, com preços que variam de U $ 9 a mais de US$ 1.000. A marca abriu 25 lojas nos últimos cinco meses e tem como foco se tornar líder no crescente mercado de brinquedos da China.

Atualmente, a Miniso está presente em 94 países além da China. A rede abriu recentemente lojas na Islândia, em Malta, na Nova Caledônia, nas Ilhas Canárias e em novos mercados emergentes, como Vietnã e Laos. A varejista também aumentou a presença nos principais mercados existentes no sudeste da Ásia, Europa, Estados Unidos e México.

“Continuaremos a fazer esforços fora da China para desenvolver ainda mais novos mercados internacionais e fortalecer aqueles em que já atuamos”, disse o vice-presidente de negócios internacionais, Vincent Huang.

Imagens: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: