fbpx

Plant-based está entre os destaques da estratégia da Seara com hambúrgueres

Aposta visa atender ao crescente mercado de consumidores vegetarianos, que chega a quase 30 milhões de pessoas

Com o crescente do número de vegetarianos e veganos, o mercado de alimentação precisou se reinventar. Segundo um estudo da SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira), 14% dos brasileiros se declaram vegetarianos ou veganos, o que corresponde a quase 30 milhões de pessoas. Nas regiões metropolitanas de São Paulo, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro, esse percentual sobe para 16%. Para atender a esse público crescente e exigente, surge uma nova tendência: a do plant-based, ou de produtos feitos à base de plantas.

Gigantes multinacionais e pequenos restaurantes têm apostado nesse tipo de produto. Ainda em 2019, a JBS lançou a sua primeira linha de hambúrguer plant-based, a Linha Incrível Seara. Com o apoio do Incrível Lab, hub de inovação da marca exclusivamente focado em produtos vegetais, a empresa investiu em uma tecnologia exclusiva, batizada de Biomolécula i, que em teoria é capaz de reproduzir o sabor da carne e contribuir na textura dos alimentos elaborados somente com proteínas vegetais.

“A tecnologia ainda proporciona o aumento da salivação, deixando as papilas gustativas totalmente livres para receberem e perceberem novos sabores, tornando incomparáveis a percepção e a experiência de sabor, com suculência ainda mais exclusiva e incrível”, afirma Rafael Palmer, diretor de Marketing da área de Alimentos Preparados da Seara.

Investimento em plant-based

Em junho deste ano, a JBS investiu R$ 2,3 bilhões na aquisição da Vivera, terceira maior produtora de produtos plant-based na Europa. Na época, informou que a companhia adquirida oferece um amplo portfólio de produtos em mais de 25 países, com presença relevante nos mercados da Holanda, Reino Unido e Alemanha. A transação inclui três unidades produtivas e um centro de pesquisa e desenvolvimento localizados na Holanda.

“Esta aquisição está em linha com a estratégia da companhia de expandir seu portfólio de produtos de maior valor agregado e com marca e impulsiona a plataforma global de produtos plant-based da JBS, agregando conhecimento técnico e capacidade de inovação”, apontou em fato relevante.

Hambúrguer artesanal

Além do plant-based, a Seara também aposta em produtos diferenciados para atender à febre das hamburguerias artesanais e seus possíveis impactos no negócio de hambúrgueres da JBS. É o caso do Toscana Burguer Seara Gourmet, feito da tradicional linguiça toscana. Outra opção nesse nicho é o Bacon Burguer tradicional Seara Gourmet, feito com apenas dois ingredientes: carne bovina e bacon. “Além do consumidor final, contamos também com produtos desenvolvidos especialmente para atender ao mercado de foodservice, oferecendo aos nossos clientes produtos e serviços de qualidade”, completa o dirigente.

Palmer também falou sobre a participação da Seara na feira chinesa de alimentos Sial. “Levamos pela primeira vez para a China a nossa marca OZO, que atua no segmento de plant-based, da subsidiária americana Planterra. Além disso, apresentamos a linha de Seara para varejo, composta de cortes de suínos e de frango, hambúrguer, linguiça e empanados.”

Imagem: Divulgação

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: