fbpx

Grupo Boticário quer banir matérias-primas de origem animal até 2025

A partir deste mês, todos os lançamentos da empresa serão completamente veganos

O Grupo Boticário anunciou a meta de banir matérias-primas de origem animal até 2025 para todas as suas marcas (O Boticário, Eudora, Quem Disse, Berenice?; BeautyBox, Multi B, Vult e O.u.i). A novidade é mais uma etapa do projeto Uma Beleza de Futuro, que estabelece compromissos de sustentabilidade e responsabilidade social até 2030.

Para atingir a nova meta, todos os lançamentos a partir deste mês serão completamente veganos. Os demais produtos passarão por um processo de reformulação e adequação nos próximos três anos. Alguns deles já estão sendo reformulados. É o caso da linha de maquiagem Intense, do Boticário, que foi relançada em 2020 em versão totalmente vegana.

“Em 2020, 85% dos desenvolvimentos do Grupo Boticário não usaram ingredientes de origem animal, isso corresponde a mais de mil opções veganas. Com este compromisso que assumimos agora, queremos chegar a um portfólio 100% vegano o quanto antes”, afirma o diretor de Produto&Desenvolvimento do Grupo Boticário, Gustavo Dieamant.

Sem testes em animais

Há 21 anos a companhia não realiza seus testes em animais e, desde 2017, não usa ingredientes de origem animal que são provenientes de sofrimento. Há mais de cinco anos, criou uma pele 3D, que replica células de pele humana no laboratório.

No último mês, o Grupo Boticário anunciou a criação da plataforma “Beleza Transparente”, um movimento por mais transparência e sustentabilidade que reúne conteúdos sobre o universo químico e científico da cadeia de produção do mercado de beleza.

Ao compartilhar conhecimento, a empresa diz que quer estimular o consumo consciente e convidar os consumidores a refletirem sobre inovação em prol de uma cadeia produtiva mais sustentável. A iniciativa faz parte dos “Compromissos para o Futuro”.

A plataforma reúne podcasts, vídeos, conteúdos exclusivos sobre economia circular e diversos outros temas que têm gerado curiosidade entre consumidores.

Recentemente, o Grupo Boticário também fechou uma parceria com a DHL Supply Chain para a utilização de veículos elétricos nas operações logísticas. O projeto faz parte da meta de ter 100% das entregas feitas por veículos elétricos em todo o País até 2025. Com a parceria, estima-se que mais de 48 toneladas de gases deixarão de ser emitidas por ano a partir de 2022.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: