fbpx

Passarela se reposiciona e passa a atuar como marketplace de moda

Mais de 32 mil produtos são oferecidos na plataforma, que conta com 60 lojas parceiras e mais de 550 marcas

A rede de lojas e e-commerce de calçados Passarela passa a atuar como marketplace especializado em moda com produtos de vestuário, beleza, acessórios e calçados. Mais de 32 mil produtos são oferecidos na plataforma online, que conta com 60 lojas parceiras e mais de 550 marcas.

De acordo com o CEO, Luis Tomasetti, a construção do reposicionamento passou por uma análise profunda sobre a história da marca, que tem 40 anos, a relação com os consumidores que continuam fiéis às lojas físicas e a reflexão a respeito do perfil do público que procura e visita organicamente o marketplace da Passarela.

“Foi uma reconstrução colaborativa”, afirma Tomasetti. “A liderança da empresa participou de discussões, workshops e treinamentos, oportunidades ricas que funcionaram de base para encontrar e definir quem somos e como devemos lidar com o consumidor atual.”

Para Tomasetti, ficou claro que a essência da Passarela não é simplesmente vender produtos do segmento de moda. “Nosso papel é inspirar as pessoas, é fazer parte de momentos importantes da vida de nossos clientes”, afirma. “Oferecemos tudo o que faz parte da jornada de compra de um cliente jovem, antenado, responsável e consciente.”

Passarela se reposiciona e passa a atuar como marketplace de moda
Passarela vai passa a vender produtos de vestuário, beleza, acessórios e calçados

Estrutura enxuta e recursos otimizados

O trabalho gerou diversas mudanças na empresa. Nos bastidores, a estrutura ficou enxuta, recursos foram otimizados, processos foram revistos e as equipes foram reformuladas. Nas vitrines, sejam analógicas, sejam virtuais, a renovação na comunicação é explícita. Como parte do reposicionamento, a Passarela apresenta sua nova campanha.

A primeira peça é o vídeo-manifesto, uma produção que traz parte da equipe que faz a Passarela acontecer em uma narrativa carregada de história, empatia, emoção e promessas (clique aqui para conferir). Na sequência, a mídia online e offline serão ocupadas pelo criativo envolvendo​​ modelos, influencers e consumidores reais que atuarão em cocriações​ de conteúdos sobre moda e comportamento.​

De acordo com o CEO da Passarela, essa é a primeira fase do processo de reposicionamento da marca e da empresa. “Passamos por transformações importantes”, afirma Tomasetti. “E estamos prontos para o futuro, sem esquecer da nossa essência”, finaliza o executivo.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: