Sindicato relata 250 casos de covid nas agências do BB em São Paulo

De acordo com o sindicato, os contágios teriam ocorrido por descumprimento de protocolos sanitários

Sindicato relata 250 casos de covid nas agências do BB em São Paulo

Com base em levantamento fechado na tarde da quinta-feira, 13, o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região afirma que mais de 250 funcionários do Banco do Brasil na capital paulista e nas outras 16 cidades atendidas pela entidade foram diagnosticados com covid-19 na última semana. Em todo o setor, a entidade recebeu relatos de 500 casos.

De acordo com o sindicato, os contágios teriam ocorrido por descumprimento de protocolos sanitários por parte do banco. Ainda segundo a entidade, esse descumprimento veio após uma mudança do manual para o trabalho presencial pela instituição, que não teria sido discutida com os funcionários.

Um terço dos diagnósticos de covid teria ocorrido entre os empregados do BB que trabalham no Centro Empresarial São Paulo, na Zona Sul da capital paulista. No local, funcionam áreas administrativas do banco, e também estão instaladas equipes dedicadas ao atendimento digital.

De acordo com a entidade sindical, o BB alterou o item do manual que previa o encerramento do expediente em locais onde um funcionário diagnosticado com a covid estivesse estado nas 72 horas anteriores.

Audiência de mediação

Uma audiência de mediação entre o banco e o sindicato foi realizada na quarta, 12, mas segundo a secretária-geral da entidade, Neiva Ribeiro, não houve acordo. Uma nova negociação acontecerá no próximo dia 27, segundo ela.

Em nota, o BB afirma que atualizou o manual para o trabalho presencial “após o recente movimento de retorno ao trabalho presencial em prédios administrativos”. O manual segue direcionamentos do Ministério da Saúde e de demais autoridades sanitárias sobre o tema, diz o BB.

De acordo com o banco, o texto passou a refletir o porte das dependências nos procedimentos. “Assim, ao manter atualizados os procedimentos em relação à pandemia de Covid-19, o Banco do Brasil reafirma seu compromisso com a saúde dos funcionários”, disse a instituição.

O BB não comentou o número de casos informado pelo sindicato.

Com informações de Estadão Conteúdo (Matheus Piovesana)

Imagem: SERGIO V S RANGEL / Shutterstock.com

Sair da versão mobile