Marcas vão priorizar investimentos em anúncios em vídeos e campanhas com influenciadores

O meio digital tem cada vez mais ocupado espaço nos orçamentos de marketing das companhias

As marcas pretendem aumentar em 76% os investimentos em anúncios em vídeos e 71% nas campanhas com influenciadores, segundo um estudo realizado pela Kantar. A expectativa é, ainda, aumentar os anúncios em stories das redes sociais em 70%, e 68% nos feeds.

O levantamento mostra que nos últimos anos as marcas têm cada vez mais destinado o orçamento que antes ia para a mídia tradicional para o meio digital. Esse movimento segue o que é visto por parte dos consumidores, que mudaram a forma de consumir conteúdo, tanto quando se fala em plataforma, quanto em formato.

A TV é um dos únicos meios tradicionais que terão crescimento de investimentos – de cerca de 14%, segundo a pesquisa. Outras mídias, como rádio, jornal e revistas, apresentaram redução de verba, de 8%, 55% e 53%, respectivamente.

“Anunciar em TV era a estratégia principal de todas as marcas para conversar com seus públicos. Mas, com a evolução do mercado, os canais digitais tornaram muito mais direta a conversa com os nichos de interesse”, diz Leo Soltz, CEO da One Big Tech, mediatech especializada em desenvolver e impulsionar creators.

Ele também destaca que isso explica o crescimento de investimentos em campanhas de marketing de influência. “Os criadores de conteúdo geram confiança e interesse muito mais direcionado e personalizado”, completa Soltz.

O estudo aponta para o poder de conversão de vendas dos anúncios no formato de vídeo. “As plataformas como YouTube, Kwai, TikTok e Instagram se tornaram ainda mais relevantes durante a pandemia e mostraram de vez que possuem a atenção do público. Por isso, o investimento nesse formato de anúncio obteve números impressionantes em termos de performance”, afirma Leo Soltz.

Em 2022, a expectativa também é de redução de investimentos em eventos patrocinados por marcas. “A estratégia omnichannel é a que mais vai gerar resultados para as marcas – afinal, quanto maior a chance de contato com o seu consumidor, maior a chance de venda. Já a redução em eventos patrocinados é facilmente explicada pela pandemia, que ainda impede ativações presenciais acontecerem”, finaliza o executivo.

O papel da TV 

Mesmo não tendo grande crescimento nos investimentos, a TV segue tendo importância e ainda é responsável por grandes aportes feitos em anúncios, principalmente para grandes marcas. Para comparação, só no última edição do BBB foram realizadas 196 ações de conteúdo de 22 anunciantes nos canais TV Globo e Multishow. No digital foram 537 ações, entre conteúdos patrocinados na página do BBB, do Gshow e ativações nas redes sociais oficiais do reality.

“A edição que estreou dia 17 também está trazendo grandes anunciantes. As marcas sabem a relevância do reality para o público brasileiro e a Globo soube atualizar bem o formato para oferecer às marcas não apenas as inserções tradicionais na TV, mas também estratégias que se conectam com ações nas redes sociais”, finaliza Soltz.

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: