PepsiCo lança programa de recompensas para clientes descartarem embalagens corretamente

A parceria para o programa foi feito com a startup Molécoola

De olho em práticas de economia circular e ESG, a PepsiCo anunciou a entrada na plataforma Molécoola, programa que incentiva a reciclagem com um sistema de fidelidade ambiental e recompensas. Por meio desta parceria, os consumidores da marca poderão trocar embalagens vazias por pontos no aplicativo ou site do programa e, depois, utilizar os pontos para receber benefícios, descontos e outros produtos. Cada embalagem de Cheetos, Lays, Fandangos ou Ruffles vale o equivalente a 1.500 pontos, por exemplo.

Para conseguir os pontos, o consumidor deverá levar as embalagens para algum dos pontos de coleta específicos, localizados nos Estados de São Paulo, Espírito Santo e Distrito Federal. As estações de coleta da Molécoola estão disponíveis em unidades dos mercados Extra, Pão de Açúcar, Makro, St. Marche, D’avó, COOP e lojas Leroy Merlin. Para conferir toda a lista de postos disponíveis, clique aqui.

A linha de snacks da PepsiCo utiliza o plástico BOPP em suas embalagens e a Molécoola fará todo o processo de coleta e destinar corretamente o material para seus parceiros especializados. Parte do plástico coletado será transformada em pallets plásticos utilizados nas operações da PepsiCo.

“Queremos fomentar uma mudança na maneira como consumidores interagem com as nossas embalagens, para oferecer nossa visão de um mundo onde o plástico nunca se torne lixo, especialmente o BOPP, um plástico que precisa de incentivo para que seja reciclado hoje no Brasil”, disse Lívia Fávaro, gerente de Cidadania Corporativa da PepsiCo Brasil.

Parcerias

A parceria com a Molécoola faz parte do programa “Reciclagem com propósito” da PepsiCo, que inclui as transformações recentes que a empresa tem feito e das quais tem participado. “Parceiros como a PepsiCo fazem com que mais e mais pessoas possam conhecer e se juntar ao trabalho da Molécoola, que incentiva a reciclagem, a educação ambiental e também o empreendedorismo de pessoas da cadeia da reciclagem”, ressaltou Rodrigo Jobim Roessler, fundador da Molécoola.

A PepsiCo também desenvolve outras alternativas para a reciclagem de BOPP. Uma dessas iniciativas é a criação de um protótipo de carroceira sustentável de caminhão baú feito a partir das embalagens de snacks. Só com esse projeto, a empresa pretende reciclar 5 toneladas de plástico BOPP em um anos.

“Sabemos que o descarte incorreto do plástico é uma questão urgente, não só no Brasil como no mundo todo, e buscamos desenvolver maneiras para alavancar a sua reciclagem e também impulsionar a educação ambiental dos nossos consumidores”, finaliza Lívia.

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: