Jadlog se une a SOS Mata Atlântica com projeto de reflorestamento para compensar CO2

A cooperação no projeto prevê a doação de 2.000 mudas anuais por um período de cinco anos

Com foco em ampliar as ações socioambientais, a Jadlog, empresa de transporte de cargas fracionadas, estabeleceu parceria com a SOS Mata Atlântica. O acordo prevê apoio à causa da Fundação, com o objetivo principal de promover a compensação de CO2 das operações da companhia, por um projeto de restauração florestal.

A cooperação no projeto prevê a doação de 2.000 mudas anuais por um período de cinco anos. Ao final do período, a estimativa é de que será compensada a emissão de 1.665 toneladas de CO2, uma média de 333 toneladas por ano;

Este volume consegue compensar as emissões de carbono relacionadas ao consumo de energia elétrica da matriz da Jadlog, em São Paulo, das sete filiais espalhas por capitais do Brasil, do consumo de gás da companhia e combustível de aviação referente às viagens aéreas dos executivos. Além disso, também compensará o consumo da frota nas operações de transporte de documentos para o setor bancário.

Atualmente, a Mata Atlântica é uma das principais reservas na conservação de biodiversidade, com mais de 90% desse bioma localizado no Brasil, ocupando o equivalente a 15% do território nacional. O bioma concentra uma das maiores biodiversidades do planeta, mas, em contrapartida, é um dos mais ameaçados do planeta e diversas ações têm sido feitas para preservar os 12,4% restantes de sua área.

“A parceria com a SOS Mata Atlântica é mais uma atitude da Jadlog na direção da sustentabilidade empresarial, que, em nosso caso, volta-se a uma logística mais verde”, destacou Bruno Tortorello, CEO da Jadlog. Ele completou ao dizer que o objetivo da empresa é reforçar os compromissos com a responsabilidade socioambiental e a maior eficiência no transporte de cargas.

Outras ações sustentáveis

No final do ano passado, a Jadlog tornou-se membro do PLVB (Programa de Logística Verde Brasil), uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Transporte Sustentável (IBTS). A instituição visa promover a responsabilidade socioambiental corporativa no setor.

Além disso, desde o segundo semestre de 2021, a transportadora utiliza veículos que emitem menos CO2, contando hoje em dia com dois caminhões VUC totalmente elétricos, quatro caminhões truck biocombustíveis e cem utilitários movidos a GNV.

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: