Oito a cada dez consumidores de luxo adotaram comportamentos sustentáveis

Segundo pesquisa da Farfetch, boutiques e marcas estão tomando medidas para atender à demanda crescentes pelo tema

Oito a cada dez consumidores da plataforma de moda de luxo Farfetch, ou 79%, adotaram um ou mais comportamentos que veem como mais sustentáveis no último ano. É o que mostra o “Conscious Luxury Trends Report”, estudo que faz uma análise dos dados que resultam de todas as interações dos clientes de luxo com os “produtos conscientes” na plataforma, como itens de segunda mão e serviços circulares.

Para os clientes da plataforma, comprar uma proporção maior de peças de qualidade, que têm maior longevidade, é mais sustentável do lançar mão do fast-fashion. O estudo mostra que o número de clientes Farfetch que compraram um produto da Conscious Collection em 2021 aumentou 60% em relação ao ano anterior. A idade média dos clientes conscientes é de 32 anos (um pouco menor do que a dos clientes da Farfetch em geral, que é de 34 anos).

“Como plataforma de luxo, temos uma visão única de mais de 3 milhões de consumidores ativos e mais de 1.400 vendedores de luxo no marketplace. Os dados deixam claro que o apetite do consumidor por formas mais conscientes e circulares de se envolver com a moda continua a crescer, e que as marcas estão respondendo às oportunidades que essa tendência apresenta. Em linha com nossa estratégia Positively Farfetch, esperamos que os insights do relatório deste ano ajudem nossos parceiros e a indústria em geral a continuar a pensar, agir e escolher positivamente”, afirma o diretor-sênior de Negócios Sustentáveis da Farfetch, Thomas Berry.

O que são produtos conscientes

A Farfetch usa um conjunto de critérios para qualificar o que classifica como “produtos conscientes” na plataforma: serem feitos de materiais reconhecidos ou certificados independentemente, terem sido criados por meio de um processo de produção certificado, serem pré-titulares ou pertencerem a uma marca que pontua pelo menos quatro (para marcas grandes) ou três (para marcas menores) com a agência de classificação ética Good on You.

Atualmente, a Farfetch vende 220 marcas bem classificadas pela Good On You, o que representa um aumento de 13% em relação ao ano anterior. A quantidade de produtos conscientes fornecidos pela rede de boutiques cresceu 40% ano contra ano e o GMV de produtos Conscious das boutiques parceiras cresceu 46% ano a ano.

O relatório aponta que a França experimentou o maior crescimento global em compras conscientes, com uma alta de 149% de crescimento ano contra ano no Valor Bruto de Mercadoria (GMV) de produtos Conscious. A Coréia do Sul demonstrou o maior aumento no gasto com produtos usados, de 116% por item ano contra ano. Além disso, 29% dos clientes na China fizeram uma compra consciente em 2021.

Menor impacto no planeta

Há uma demanda crescente por produtos feitos com menor impacto sobre o planeta ou animais: a venda de produtos conscientes cresceu 1,8 vez mais rápido do que a média do mercado em relação a 2021, impulsionada pela oferta mais ampla da Farfetch e pelo aumento do interesse do consumidor.

Marcas que pontuam altamente com Good On You e que são classificadas pela Farfetch como totalmente conscientes representaram 49% do GMV de produtos conscientes, com um aumento de 52% ano contra ano. As buscas por termos conscientes na Farfetch aumentaram 93% em relação ao ano anterior, sugerindo que muitos clientes estão procurando itens sustentáveis de forma proativa. Além disso, o uso do filtro “conscientes” no site da Farfetch e o app aumentou 29% ano contra ano.

A demanda por artigos de luxo usados está crescendo, atraindo clientes de alto valor: 20% dos entrevistados da pesquisa compraram um artigo de moda usados no ano passado; as visualizações de artigos usados subiram 150% ano contra ano; 65% do GMV de pré-owned vem dos private clients e clientes platinum da Farfetch.

As iniciativas de moda circulares estão ecoando junto aos clientes e tais serviços têm atraído novos consumidores: os clientes estão usando cada vez mais serviços que os ajudam a prolongar a vida útil de seus artigos; 22% dos entrevistados dizem que, nos últimos 12 meses, começaram a vender artigos de moda que não usam mais; 20% dizem que doaram um artigo de moda usado no último ano, enquanto 13% dizem que repararam um; a Farfetch Second Life aumentou o número de clientes em 195% em relação ao ano passado; mais de 70% dos clientes do Farfetch Donate são novos na empresa; os clientes da Farfetch Donate gastam 99% mais por ano do que o consumidor médio da marca.

Metas de sustentabilidade

O Conscious Luxury Report faz parte do Positively Farfetch, pilar que trabalha para incentivar sua comunidade de criadores, curadores e consumidores, além da indústria como um todo, a consumir de forma mais consciente.

Em 2020, a Farfetch apresentou ao mercado seu primeiro conjunto de metas de sustentabilidade para 10 anos. Os objetivos incluem: aumentar a eficiência e a diversidade do negócio, enquanto expande a oferta ao cliente e disponibiliza para boutiques, lojas de departamento e marcas uma plataforma que apoia as suas próprias iniciativas de sustentabilidade.

O projeto se concentra em quatro metas principais: em primeiro lugar, zerar ou negativar todas as emissões de pegada de carbono da empresa por meio da centralização do atendimento dos pedidos, do uso de embalagens mais eficientes, do maior uso de energia renovável e da compensação de emissões restantes. Em segundo lugar, promover produtos que são certificados como sendo “conscientes” e melhores para as pessoas, o planeta ou os animais.

Em terceiro, permitir que os clientes estendam a vida útil de suas roupas e reduzam o desperdício por meio de novos modelos de negócio, como revenda, doações, reparos ou feitos sob encomenda, além da compra de produtos usados. Em, por fim, incorporar uma cultura antidiscriminatória e inclusiva na Farfetch, buscando alcançar diversidade e representatividade dentro da companhia e na indústria.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: