Como usar Inteligência Artificial para conquistar excelência operacional no foodservice

Tema será debatido, em setembro, em painel do Latam Retail Show, maior evento B2B de varejo e consumo da América Latina

Assunto do momento das mesas de bar até as salas de reuniões das empresas, a Inteligência Artificial (IA) vai subir aos palcos do Latam Retail Show, o maior evento B2B de varejo e consumo da América Latina, que será realizado em setembro em São Paulo. Em um dos painéis, o foco será o uso de IA para aumentar a eficiência operacional nos três elos da cadeia do foodservice: a indústria, a distribuição e a operação.

“A Inteligência Artificial e os dados, de forma geral, têm sido usados num processo ativo de cruzamentos e análises para que as empresas possam se estruturar de maneira mais preditiva”, analisa Cristina Souza, CEO da consultoria Gouvêa Foodservice e colunista da Mercado&Consumo. “Se a empresa consegue prever a demanda em determinadas regiões, ela consegue se estruturar e se tornar mais eficiente e lucrativa.”

Cristina vai mediar no dia 21 de setembro, a partir das 11h45, o painel “Food brain – Eficiência operacional no foodservice a partir da Inteligência Artificial: indústrias, distribuidores e operadores”. Os palestrantes convidados são Rodrigo Maingue, business director (BEO) da Nestlé Professional; João Bibar, general nanager da Pede Pronto; e Alessandro Rios, diretor-geral da Martin Brower no Brasil.

Os distribuidores, exemplifica Cristina Souza, podem usar a Inteligência Artificial para prever possíveis pedidos, de forma a antever emergências, como eventos que atraem um número atípico de pessoas, e apoiar os operadores. A indústria muitas vezes depende do compartilhamento de dados dos varejistas para aprender e se tornar mais inteligente – e, a partir daí, se estruturar para oferecer embalagens mais apropriadas. Já empresas de tecnologia que atuam no foodservice têm a vantagem de conhecer o comportamento de compra das pessoas,  como elas fazem seus pedidos e como interagem com os meios de pagamento.

A sustentabilidade, diz a especialista, é outra vertente relacionada diretamente ao tema, uma vez que pode representar, em última instância, redução de desperdício de alimentos. “Existe um ganho claro para o negócio, porque com dados a empresa consegue evitar a ruptura e potenciais desperdícios, o que tem impacto na experiência do cliente”, analisa.

O outro ganho, diz Cristina Souza, é para a sociedade como um todo. “Não adianta o Brasil ser o terceiro maior produtor mundial de alimentos e perder os avanços que existem no setor. Ainda existe muito desperdício de alimentos na produção, na cadeia e na ponta.”

O assunto é importante não apenas para as empresas envolvidas diretamente na cadeia do foodservice. O varejo alimentar, por exemplo, precisa de dados e de Inteligência Artificial para conseguir ter uma melhor previsibilidade de demanda.

Banner Curso ONE FRIEDMAN

Além do painel que será mediado por Cristina Souza, o foodservice estará presente no Latam Retail Show 2023 em outros momentos, como no Foodbiz Summit, idealizado em parceria com Instituto Foodservice Brasil (IFB).

Programação do Latam Retail Show

A Gouvêa Experience, organizadora do Latam Retail Show, anunciou entre os palestrantes da edição de 2023 dois dos maiores especialistas em varejo do mundo. A CEO da GDR Creative Intelligence, Kate Ancketill, estará a abertura do LRS e mostrará que é possível fazer mais com menos, utilizando tecnologia, negócios e pessoas. Kate Ancketill é especialista em tecnologia, consumo, varejo e inovação de marcas. Ela contextualiza e torna compreensível, para todos, novas tecnologias e mudanças sociais complexas, ajudando líderes empresariais a planejarem o futuro de suas empresas.

Outro nome confirmado foi o de Neil Patel, fundador da NP Digital e um dos maiores nomes do marketing digital. Antes dos 30 anos, Patel já figurava na seleta lista dos 100 melhores empreendedores do ex-presidente americano Barack Obama. Ele também é autor de best-sellers do New York Times e um dos profissionais de marketing mais influentes do mundo, de acordo com o The Wall Street Journal e a Forbes.

“Nossos palestrantes são referência no setor e irão dividir conosco suas experiências individuais e estratégias que costumam adotar em suas gestões. Além disso, apresentaremos muita tecnologia e a inovação durante o Latam Retail Show, que são fundamentais para impulsionar os setores de consumo e varejo”, afirma o CEO da Gouvêa Experience, Tonico Novaes.

Durante três dias, a 8ª edição do Latam Retail Show terá cerca de 60 palestras e painéis temáticos que abordarão três linhas temáticas: Desafios do Agora, Imagin(ação) para o Futuro e Olhar para as Pessoas. O evento também contará mais de 100 horas de conteúdo pago e gratuito e sete pesquisas inéditas, além dos prêmios Experience Awards e Retail of Tomorrow, da competição Printer Chef, do 1º Encontro de Varejo e Consumo para uma Proposta para a Nação, do Study Tour e do fórum “IDV – Desenvolvendo o ESG no Varejo e Consumo”. O Strip Malls, voltado para os centros comerciais, e o Private Label Connection, promovido pela Amicci, também acontecem nos três dias de evento. E, pela segunda vez, o Latam Retail Show também terá transmissão online.

Com informações de Mercado&Consumo Media Labs.
Imagem: Shutterstock

Aiana Freitas

Aiana Freitas

Aiana Freitas é editora-chefe da plataforma Mercado&Consumo. Jornalista com experiência na cobertura de tendências de consumo, varejo, negócios, finanças pessoais e direitos do consumidor.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist