fbpx

Natural da Terra abre primeira loja compacta em São Paulo e aposta em dark stores

A rede Hortifruti Natural da Terra inaugura neste mês sua primeira loja em formato compacto em São Paulo. A unidade, que leva a bandeira “Leve”, fica no bairro do Itaim, região sul da capital paulista, e tem 250 m² de área – para efeito de comparação, uma loja padrão da rede tem, em média, entre 800 e 1.000 m².

A Natural da Terra Leve tem os perecíveis como foco principal do negócio, especialmente os mais vendidos em FLV – frutas, legumes e verduras – incluindo folhas, temperos e frutos exóticos. Possui, ainda, açougue e padaria para o dia a dia, com pães variados assados no próprio local, do francês aos de fermentação natural, além de uma seleção de itens de mercearia e produtos lácteos.

Outro diferencial das lojas compactas é que elas oferecem self checkout para agilizar o serviço de atendimento. Na unidade do Itaim, três estações de pagamento neste modelo estão disponíveis para os clientes.

A abertura da nova loja Natural da Terra Leve faz parte do plano de expansão da companhia para a marca em São Paulo, que prevê a inauguração novas operações, seja no modelo tradicional ou Leve, ainda em 2021. A empresa já opera 13 unidades na Hortifruti Leve no Estado de Rio de Janeiro: duas em Niterói (nos bairros de Icaraí e Ingá) e 11 na capital (Barra da Tijuca, Copacabana, Gávea, Humaitá, Ipanema, Leblon, Maracanã e Tijuca).

Foco no cliente omnichannel

Além de apostar em unidades menores, a Hortifruti Natural da Terra vem passando por um processo de transformação digital. O foco da empresa é o cliente onmichannel, que frequenta as lojas físicas, mas também utiliza os serviços online de compras da empresa.

“O investimento no e-commerce já era algo planejado dentro da companhia, mas a pandemia fez com que a gente acelerasse bastante este processo de inovação ao longo dos últimos meses”, conta o CEO da Hortifruti Natural da Terra, Thiago Picolo.

Com o aumento de pedidos via delivery, de cerca de 1.000% durante os primeiros meses de isolamento, a Hortifruti Natural da Terra desenhou também um projeto de dark stores.

Com elas, a rede, a princípio, teve três objetivos: escoar parte da operação do serviço de entrega de outras lojas próximas, devido ao alto volume de pedidos neste formato, mantendo a qualidade de atendimento ao cliente; testar mercados onde ainda não estava presente para avaliar a possibilidade de abertura de uma futura loja; e experimentar regiões onde, em um primeiro momento, a companhia não planeja ter uma unidade física.

Segundo a empresa, os grandes benefícios das dark stores são o baixo custo da operação e a maior eficiência na entrega.

Quase 2 milhões de clientes por mês

Atualmente, a Hortifruti Natural da Terra conta com uma frota própria com mais de 230 veículos e transporta 16 mil toneladas de frutas, legumes e verduras mensalmente do campo às bancas das 70 lojas em quatro Estados do País: no Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais com a bandeira Hortifruti; e em São Paulo com a marca Natural da Terra.

Quase 2 milhões de clientes são atendidos todos os meses. O grupo opera também uma plataforma omnichannel, por meio de seu site, app, WhatsApp e parceiros.

Imagens: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: