fbpx

Um conceito, mais resultados!

Muitas vezes as empresas se veem presas em uma entidade muito forte, que ao longo do tempo ganha robustez e se torna sólida a ponto de não permitir nenhuma nova abordagem ou inovação. Essa entidade pode ser traduzida como um jeito de ser ou uma cultura muito arraigada que faz com que as coisas sejam como sempre foram.

No entanto, o que temos visto é que essa mentalidade – se não por estratégia, mas pela pressão do mercado – tem sido quebrada por algumas iniciativas de empresas que têm se desafiado a fazer o novo, a desbravar novas abordagens.

Haja vista o que o cenário pandêmico nos mostrou. Empresas dependentes apenas do canal físico se viram obrigadas a desenvolver o digital. E as indústrias, por exemplo, que dependem de terceiros para a distribuição de seus produtos, também ficaram reféns do canal – o que fez muitas delas considerarem uma nova abordagem do mercado.

Temos visto o reflexo aqui mesmo, no Grupo Bittencourt. Muitas empresas têm nos procurado para desenvolver novos conceitos de negócios – que muitas vezes significam ingressar num novo mercado, desenvolver um novo canal de vendas ou, ainda, dar uma nova roupagem (sempre baseada em estudos completos e complexos e não apenas um novo design) para suas operações de varejo e franquias.

O desenvolvimento de conceito de um negócio passa por um olhar profundo para os objetivos estratégicos da companhia, pelo entendimento de quem é de fato seu consumidor e as características e comportamentos desse público, tudo fundamentado em dados e culminando com um conceito que traz uma proposta de valor alinhada com as necessidades do mercado e com a nova visão estratégica, cultura e liderança da empresa.

Muitas vezes o projeto exige uma ruptura com a cultura atual da empresa, sendo necessário um trabalho com envolvimento da alta gestão para implantação da nova cultura que corrobore com a visão de longo prazo e estratégia. Com a cultura inadequada não há projeto – por mais excelente que seja – que consiga ter êxito.

Sempre levamos em consideração uma série de aspectos para a construção desse novo modelo de negócio. O olhar para fora, para as tendências e para onde está indo o mercado em que o cliente está inserido é fundamental. Uma verdadeira oxigenação das lideranças para que novas iniciativas sejam cocriadas. A consideração do legado, do repertório e da experiência do cliente é sempre fundamental para esse processo. A ideia nessa fase é realmente chacoalhar as mentes e fazê-las pensar no novo – o que acontece gerando uma experiência incrível e totalmente colaborativa.
Isso tem nos dado a cada dia uma nova sensação de realização e de missão cumprida. Porque, em muitos casos, o resultado passa por novas interpretações das jornadas dos consumidores, um novo storytelling e um olhar profundo para oferecer solução e não apenas um produto ou serviço. É o varejo as a service na prática.

E no final? O que vemos? Resultado! Essa aproximação com o consumidor, esse novo olhar para o negócio e o engajamento de todos da companhia para o êxito do projeto culminam em muito mais do que apenas um novo canal de vendas ou uma nova roupagem para a operação.

Quer saber como desenvolvemos esses projetos e como podemos apoiar a sua empresa? Fale comigo e com o Grupo Bittencourt. Será um prazer conhecer você e o seu negócio.

Lyana Bittencourt é CEO do Grupo Bittencourt..
Imagem: Envato/Arte/Mercado&Consumo

Lyana Bittencourt

Lyana Bittencourt

Lyana Bittencourt é sócia-diretora do Grupo Bittencourt, consultoria especializada no desenvolvimento e expansão de redes de franquias e negócios, parte do ecossistema da Gouvêa com a chancela “powered by”.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: