fbpx

Omnichannel: o diferencial competitivo para PMEs

O ano passado surpreendeu a todos, e 2021 tem sido igualmente imprevisível. A pandemia levou o Brasil a perder quase 10 milhões de empreendedores, segundo o Sebrae. O estudo “O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios”, realizado em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostra que 79% das empresas continuam relatando perdas no faturamento. Para 67%, a renda atual do negócio é insuficiente para cobrir as próprias despesas.

Embora empresas de todos os tamanhos e setores enfrentem desafios causados pela pandemia, as PMEs foram as mais afetadas. A recuperação econômica continua desigual para as pequenas empresas. Mas, quando olhamos para as tendências, nem tudo é desgraça.

O crescimento no mundo digital merece e precisa ser visto como uma oportunidade, não apenas para os grandes, mas também para os pequenos empreendedores.

O comportamento de compra do cliente mudou a ponto de nunca mais voltar ao “normal”. Evidências mostram que o cliente omnichannel realiza jornadas de compra “independentes de canal”. Em vez de se concentrarem em canais específicos para pesquisar e comprar produtos, clientes usarão os meios de sua preferência em cada etapa de sua jornada de compra, sem mais discerni-los. As empresas que se prepararem para dar suporte a esse novo perfil de cliente provavelmente são as que irão colher os frutos nos próximos anos.

É fato que no Brasil e no mundo a estratégia omnichannel ainda apresenta enorme potencial inexplorado. Mesmo que a experiência física seja relevante, líderes de PMEs precisam reconhecer a necessidade de expandir sua presença online para sobreviver e prosperar. Uma estratégia bem definida assegura que os clientes invistam um tempo valioso com a marca, resultando em vendas mais altas e fidelidade.

Não dá para comparar as estratégias de grandes empresas com as de pequenas e médias. O importante é que cada uma encontre sua própria maneira de avançar seus negócios. O fato é que a oportunidade e as tendências de crescimento para PMEs surgem com a gestão omnichannel. E já podemos listar exemplos de sucesso no Brasil com pequenos negócios que rapidamente implementaram compras online, compra online e retira na loja, drive-thrus, assistente para compras virtuais e entrega porta a porta.

Por onde a PME pode começar sua estratégia omnichannel? Veja algumas dicas:

  1. Conheça seu público. Quanto melhor você conhecer seu público, mais poderosos serão seus esforços de marketing e vendas.
  2. Explore o crescimento e o potencial omnichannel.
  3. Incorpore conteúdo relevante para o cliente. Para as PMEs que buscam gerar mais vendas, a chave pode estar no desenvolvimento de uma estratégia social commerce (vendas por redes sociais), hoje uma das maiores tendências de crescimento em vendas no Brasil.
  4. Integre tecnologia inovadora. Com tantas mudanças, a pandemia agiu como um equalizador, permitindo que as PMEs enfrentassem concorrentes maiores. Portanto, agora é um momento vital para que as PMEs ganhem uma vantagem competitiva ao adotar tecnologias inteligentes, como a Inteligência Artificial (IA).
  5. Forme um time com foco em excelência e inovação para o seu negócio, composto por profissionais das áreas de negócios e tecnologia.

Com o mercado em um estado de fluxo constante, as PMEs devem se preparar para um período de oportunidades para crescimento nos próximos anos. A crise da pandemia acelerou uma revolução no comportamento do consumidor e na digitalização das compras. O omnichannel não veio só para ficar. Em breve, vai explodir.

Andrea Rios é diretora da Orcas – Omnichannel Experience e professora convidada no MBA live da FGV
Imagem: Envato

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: