Com crescimento de 10% no Brasil, Heineken fecha 2021 com lucro de 3,32 bilhões de euros

Companhia disse ter se consolidado na liderança do segmento premium no País

A Heineken informou que reverteu o prejuízo de 204 milhões de euros registrado em 2020 e obteve lucro líquido de 3,32 bilhões de euros em 2021. O resultado superou o consenso de 2,28 bilhões de euros calculado a partir de previsões de 23 corretoras.

A receita da segunda maior cervejeira do mundo saltou 11,3% na mesma base comparativa, a 21,941 bilhões de euros. Segundo o balanço, a métrica teve impacto cambial negativo de 515 milhões de euros, sobretudo devido ao real brasileiro e ao naira nigeriano.

A empresa destacou o desempenho no Brasil, com crescimento de 10% no volume de cerveja no quarto trimestre. A companhia disse ter se consolidado na liderança do segmento premium, impulsionada pelas marcas Heineken e Eisenbahn.

Segundo a companhia, o portfólio de cerveja premium cresceu responde por mais de 60% do crescimento orgânico total no volume de cerveja em 2021. O  crescimento foi amplo, com mais de 60 mercados crescendo dois dígitos em 2021.

Com excelentes desempenhos da Heineken Silver na China e no Vietnã, a Heineken pretende lançar a marca internacionalmente para alcançar mais de 20 mercados em 2022.

Embora tenha apurado ganhos, a Heineken ressaltou que atravessa um contexto desafiador por conta da escalada global da inflação.

Com informações de Estadão Conteúdo (André Marinho)

Imagem:  PJiiiJane / Shutterstock.com

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: