Cade aprova sem restrições compra de 33% da Sinagro pela Bunge

A Sinagro é revendedora de grãos e produtos agrícolas

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou, sem restrições, a compra de 33% da Sinagro pela Bunge Alimentos. A aprovação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 7.

“Esta transação contribuirá para a capacidade de originação de grãos da Bunge e para seu acesso aos produtores da região. Além disso, como a Sinagro já utiliza os mesmos critérios socioambientais para avaliação de fornecedores que a Bunge, está alinhada à nossa visão global de ser o parceiro preferencial em soluções sustentáveis para oleaginosas, commodities e ingredientes relacionados, tanto para agricultores quanto para clientes finais”, disse Rossano de Angelis Junior, vice-presidente de Agronegócios da Bunge, em comunicado, na época.

A operação foi anunciada pelas empresas em janeiro. A Sinagro é revendedora de grãos e produtos agrícolas.

A Sinagro tem sua estratégia de originação voltada para produtores e apoiada por suas mais de 30 unidades, entre lojas e armazéns.

A Sinagro foi uma das primeiras empresas a aderir à Parceria Sustentável da Bunge, em 2021, pela qual a Bunge auxilia os revendedores de grãos a implantarem sistemas de avaliação socioambiental de fornecedores, incluindo monitoramento por satélite, em escala de fazenda. Os participantes do programa podem adotar serviços de imagens geoespaciais independentes ou utilizar a estrutura da Bunge sem custos.

Com informações de Estadão Conteúdo

Imagem: T. Schneider / Shutterstock.com

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: