Em sua jornada sustentável, Corona lança no Brasil primeira long neck retornável

A novidade deverá começar a ser vendida em Curitiba em junho deste ano e atingir a distribuição nacional em 2023

De olho em iniciativas ESG, a cerveja Corona, da Ambev, anunciou o lançamento da primeira garrafa no estilo long neck (330ml) que é retornável. A distribuição do produto foi confirmada para todo o território nacional. Com o anúncio, o Brasil se tornou o primeiro país da América Latina a receber a inovação com selo da marca de cerveja.

Toda operação para esse processo será faseada e começará no mês de junho na cidade de Curitiba, no Paraná. A capital paranaense será a primeira a receber 100% de substituição das garrafas tradicionais pelas retornáveis e a colocar em prática a rotina de devolução de embalagens. Para auxiliar nesta tarefa, a Corona contará com pontos de recolha distribuídos pela cidade e apoio logístico do aplicativo de bebidas Zé Delivery.

Corona retornável
Exemplo da nova garrafa retornável da Corona

A novidade deverá atingir a distribuição nacional em 2023, se tornando a longo prazo a long neck padrão distribuída pela Corona no país. Além da mudança com as embalagens, a cerveja irá atuar junto a organizações de reciclagem por meio de recompra das garrafas de vidro, com o objetivo de desenvolver a economia circular. As vendas dos produtos também terão impacto, já que parte do lucro será revertido para ONGs de preservação ambiental.

“A long neck é um símbolo importante de Corona, por isso unimos inovação e sustentabilidade para criar garrafas retornáveis que tenham sempre a mesma aparência das novas e ao mesmo tempo ajudem a diminuir a quantidade de lixo”, explicou Gustavo Castro, diretor de Inovações da Ambev.

Essa não é a primeira ação sustentável da marca. Em 2021, a Corona apostou ao lançar uma versão de lata inédita no país, na qual seis unidades de cerveja são unidas por uma lamina de papel cartão no topo do pack. Para o transporte das garrafas retornáveis, será feita uma nova garrafeira, criada pela própria Ambev com 100% de plástico reciclado.

Além disso, ainda no ano passado, a Corona atingiu o feito de ser a primeira marca global de bebidas neutra em resíduos plásticos. A marca também tem liderado uma série de iniciativas que vão além da própria produção e distribuição, como a limpeza de 1,2 milhão de m² de praias e o recolhimento de mais de 5,4 toneladas de lixo descartados de forma irregular na natureza.

“Corona nasceu na praia e se dedica a preservar esses lugares, portanto temos direcionado nossos esforços de forma consistente pela proteção dos oceanos, especialmente contra a poluição plástica. Mas queremos ir além e para isso estamos mudando o nosso símbolo mais icônico, a garrafa de Corona”, finalizou João Pedro Zattar, head de Marketing da Corona no Brasil.

Imagens: Divulgação 

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: