Victoria’s Secret lança loja na Amazon para vender produtos de beleza

Linha de beleza já representa cerca de 15% do volume de negócios, com cerca de US$ 1 bilhão anual

Na busca de impulsionar o volume de vendas de suas linhas de beleza, a Victoria’s Secret lançou uma loja na Amazon na última sexta-feira (29). Serão vendidos cerca de 120 produtos diferentes das linhas Secret Beauty e Pink Beauty, incluindo fragrâncias de marca, loções, esfoliantes corporais e lavagem corporal.

“Esta é uma extensão natural do canal para continuarmos crescendo nosso negócio de beleza e conhecer os clientes onde eles estão com os produtos que amam”, afirma Greg Unis, CEO da Beauty da VS&Co.

Unis destaca que a parceria foi feita a partir do feedback e de pesquisas com clientes que já buscavam os produtos da marca no e-commerce e que novos produtos podem ser incluídos no futuro.

“Estamos entusiasmados em dar aos nossos clientes uma maneira conveniente de comprar seus produtos favoritos”, acrescenta Carla Vernón, vice-presidente de categorias de consumíveis da Amazon.

Os produtos disponíveis no lançamento incluem:

– Núcleo de perfumes de fragrâncias finas: Bombshell, Tease, Very Sexy, Love, Heavenly and Him core bons perfumes de fragrâncias em EDP’s, Mists e Lotions.

– Aromas de núcleo de névoa e loção: Love Spell, Pure Seduction, Bare Vanilla, Petals de Veludo, Amber Romance, Aqua Kiss, Coconut Passion e Midnight Bloom.

– Natural Beauty Mist, Lotion, Body Scrub e Wash scents: Coconut Milk & Rose, Lavanda & Baunilha, e Romã & Lotus.

– Aromas de Névoa Rosa e Loção: Cool & Bright, Fresh & Clean, Soft & Dreamy e Warm and Cozy.

– Névoa Rosa, Loção, Body Scrub e Lavagem de perfumes: Coco, Coco Chill, Honey e Water.

Proximidade com os clientes

A linha de beleza é um pilar crescente da marca, com cerca de 15% do volume de negócios, o que representa cerca de US$ 1 bilhão anual.

Desde que se separou da Bath & Body Works e se tornou independente, em agosto de 2021, a  Victoria’s Secret tem buscado novas maneiras de aumentar as vendas e conquistar clientes.

Em fevereiro, a marca apresentou quatro pedidos de marca registrada sobre metaverso e negociação NFT para a venda de bens virtuais, como roupas íntimas e calçados.

Imagem: Roman Tiraspolsky/Shutterstock.com

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: