Grendene assume operações de franquias da Melissa no Brasil e mira expansão com Clube Melissa

Modelo já soma 388 lojas e é responsável por 60% dos negócios

Dona da Melissa, a Grendene decidiu assumir a gestão das franquias da marca a partir de fevereiro de 2023, quando vence o contrato com a Multi Franqueadora, atual franqueadora máster da Grendene dos Clubes Melissa.

Segundo a empresa, a decisão está alinhada com a estratégia de negócios da empresa para os próximos anos. “A nossa trajetória de 15 anos ao lado da Multi foi muito importante e bem-sucedida, e se encerra de uma forma positiva e amistosa. Nessa nova fase, buscamos nos aproximar do consumidor final e de nossos franqueados”, afirma Rudimar Dall´Onder, CEO da Grendene.

Com as mudanças, a ideia é transformar o tradicional PDV (ponto de venda) em um ponto de experiências, com mais conteúdo sobre o produto para que as consumidoras se conectem aos pilares de moda, arte e design da Melissa.

Atualmente, a Melissa conta com 388 Clubes Melissa, modelo de franquia que responde por 60% dos negócios.

Clube Melissa 

A decisão de transformar a marca em franquias veio após o êxito da iniciativa no Rio de Janeiro, na época chamada de MBR, que motivou a ideia de tornar o modelo franqueável. O modelo serviu como uma espécie de MVP (sigla em inglês para produto mínimo viável) e, em cinco anos, já somava 40 unidades. Com esse amadurecimento de formato, nasceu o Clube Melissa.

“Foi um marco na história da marca, pois foi a nossa primeira operação de varejo estruturada. Para o lançamento, criamos o slogan ‘Clube Melissa, você já era sócia e não sabia’”, afirma Paulo Pedó, diretor da Melissa e de Negócios Digitais da Grendene.

No final de 2013, a Grendene já contabilizava 62 clubes, que representavam 30% das vendas de Melissa. O resultado foi crescendo de forma gradativa e, nesse período, foi criado também o Mini Clube Melissa, atendendo exclusivamente ao público baby e infantil, que hoje também faz parte da rede.

Outras mudanças

Em 2021, a Grendene ampliou a sua equipe dedicada ao digital a migrou o e-commerce de todas as suas marcas para plataformas proprietárias.

O e-commerce da Melissa, inclusive, foi expandido para a Europa, em março deste ano, em parceria com multinacionais que oferecem tecnologias para o e-commerce. Os produtos da marca já são vendidos online no Brasil e nos Estados Unidos.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: