E-commerce: pequenas e médias empresas faturaram R$ 163,5 milhões na Black Week 2023

Foram vendidos mais de 2,5 milhões de produtos; nas redes sociais, 92% das compras partiram do Instagram

As pequenas e médias empresas (PMEs) online faturaram R$ 163,5 milhões nas vendas promocionais da Black Week, período corresponde aos dias 20 até 26 de novembro de 2023. O valor atingido mostra um crescimento de aproximadamente 45% em comparação a 2022.

Foram comercializados 2,5 milhões de produtos e o ticket médio de cada compra foi de R$ 262,80. Os itens mais vendidos na semana de promoções pelas empresas foram temperos, granola, creatina, relógios, óculos de sol, camisetas e biquínis. Os dados são da Nuvemshop, plataforma para criação de lojas virtuais.

“A adaptação do varejo online brasileiro em relação à Black Friday se consolida nos dados, mostrando que maiores períodos promocionais fazem sucesso com os consumidores. A Black Week teve uma grande movimentação em pedidos nas PMEs online, garantindo maiores faturamentos para este final de ano”, comenta Marcela Orlandi, gerente sênior de Sucesso do Cliente da Nuvemshop.

Case de sucesso

A Soho Papelaria, loja online focada em produtos de papelaria criativa, é uma das empresas hospedadas na plataforma. Segundo a Nuvem, a Soho apostou em uma campanha de Black Friday durante toda a semana para atrair os clientes e concorrer até mesmo com grandes marcas. O resultado foi um faturamento de seis dígitos.

“Fizemos uma seleção de produtos queridos pelo público com até 40% de desconto e oferecemos mais 5% de desconto no Pix. Também enviamos brindes para garantir um unboxing positivo para os consumidores. Preparamos a estratégia com alguns meses de antecedência, investimos em conteúdo e marketing e já conseguimos faturar mais de 6 dígitos neste mês, o que é um marco para a nossa loja”, comenta Flavia Mohseni, dona da Soho Papelaria.

Banner Curso ONE FRIEDMAN

Redes sociais

Em relação aos canais de venda, 92% das compras do e-commerce das PMEs geradas a partir das redes sociais foram originadas pelo Instagram. Além disso, cerca de 79% dos consumidores compraram via dispositivos mobile. A média de descontos oferecidos pelos lojistas foi de 25% off.

Dentre os estados que mais faturaram na semana, São Paulo é quem lidera, seguido por Minas Gerais, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Já sobre os meios de pagamento, cartão de crédito permanece como principal escolha dos compradores, sendo o método utilizado em 53% dos pedidos. Logo em seguida vem o Pix, opção em 39% das compras. Os segmentos com maior faturamento são: Moda (R$ 72 milhões), Saúde & Beleza (R$ 13 milhões) e Casa & Jardim (R$ 8,5 milhões).

Na análise foram consideradas as vendas realizadas de 20 a 26 de novembro de 2023 da base de lojistas brasileiros da Nuvemshop.

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

https://www.youtube.com/watch?v=hJe-myuv4BA

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist