fbpx

Lojas Americanas e B2W combinam operações e criam americanas s.a.

Companhia será listada no Novo Mercado da B3 e mira IPO nos EUA

A Lojas Americanas S.A. e a B2W – Companhia Digital anunciaram, nesta quarta-feira (28/04) que firmaram um acordo para a combinação das operações, dando origem à nova empresa americanas s.a.. A proposta encaminhada pelos Conselhos de Administração da Lojas Americanas e da B2W, será votada nas Assembleias Gerais Extraordinárias no dia 10 de junho.

A operação se dará em duas etapas. Na primeira, será feita a combinação e a integração dos negócios, com os ativos operacionais de Lojas Americanas sendo incorporados pela B2W (BTOW3), criando a americanas s.a., nova companhia 100% integrada (físico, digital, logística e fintech) em uma única plataforma.

A americanas s.a. será listada no Novo Mercado da B3, o mais alto nível de governança corporativa da bolsa brasileira. A Lojas Americanas (LAME3 e LAME4) seguirá listada no Nível 1, de forma transitória, como um “veículo de investimento” com participação na americanas s.a.. Esta fase acontece em aproximadamente 40 dias.

Listagem em bolsa dos EUA

Na segunda etapa, a Lojas Americanas S.A. pretende criar um veículo no exterior para listagem nos Estados Unidos que se chamará americanas inc. Essa fase tem como objetivo elevar a história de investimento da companhia para um patamar global e promover o alinhamento estratégico de longo prazo com os acionistas. A estimativa é que esta fase seja concluída em menos de 1 ano.

As empresas consideram que, com a integração de 100% das operações, será possível oferecer mais agilidade, redução dos pontos de fricção e melhoria da capacidade de engajamento, oferecendo uma experiência cada vez melhor para os clientes.

“A combinação das operações é uma oportunidade única de acelerar a evolução dos negócios. A nova companhia será mais poderosa e mais valiosa do que a combinação das partes, pois representará o resultado de uma soma contínua, um novo ecossistema totalmente integrado para gerar valor, com base em cinco pilares: efeito de rede, tecnologia proprietária, economia de escala, marca reconhecida, e uma plataforma de M&A ainda mais forte”, diz a empresa, em nota.

‘Forte agenda ESG’

A nota informa, ainda, que a americanas s.a. iniciará uma nova jornada de criação de valor, com o cliente no centro da estratégia e alinhada a uma forte agenda de ESG (Environmental, Social and Governance – ou, em português, Ambiental, Social e Governança):

“Será a soma das conquistas do passado com a visão de futuro, e seu propósito também será composto pela soma do objetivo inicial da Lojas Americanas ao inaugurar sua primeira unidade – melhorar a vida das pessoas -, com o compromisso atual – superar as expectativas e oferecer tudo o que o mundo tem de bom. Tudo isso será apresentado no propósito: ‘Somar o que o mundo tem de bom para melhorar a vida das pessoas’.”

A americanas s.a. já nasce com um time de 34 mil associados, mais de 90 milhões de clientes cadastrados – sendo 46 milhões de clientes ativos -, 1.707 lojas de cinco diferentes formatos presentes em 765 cidades, uma plataforma digital completa que conecta compradores e vendedores, uma fintech com mais de 19 milhões de downloads e aceitação em 3 milhões de estabelecimentos, uma plataforma de logística e fulfillment com capilaridade nacional.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: