fbpx

Após projeto-piloto, C&A vai implantar tecnologia RFID em 200 lojas espalhadas pelo País

Ideia é usar a tecnologia na redução do tempo de fila e aumento do controle junto aos fornecedores

Permitindo a captura de dados dos produtos, a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) vem crescendo no varejo brasileiro impulsionada por vantagens como aumento da eficiência operacional, melhor gestão de estoques e diminuição das perdas.

Após a conclusão bem-sucedida de um projeto-piloto envolvendo a implantação de RFID em 10 de suas lojas, a rede C&A anunciou que quer levar a tecnologia, fornecida pela Sensormatic Solutions, a 200 unidades espalhadas por 125 cidades do Brasil. Atualmente, 100 lojas da rede operam com o recurso. O número deverá dobrar até o final de 2021.

O projeto teve seu kick-off na unidade do Shopping Tamboré, em Barueri (SP). Posteriormente foi implantado em nove lojas da rede (quatro no Rio de Janeiro e cinco em São Paulo).

“Nossa meta era aumentar a acurácia de nossos estoques para um patamar acima de 95%, a fim de impulsionar as vendas de nossa plataforma e-commerce”, diz Alan Yarschel, Diretor de Supply Chain. “Conseguimos praticamente dobrar o sortimento de peças que oferecemos aos nossos clientes”, prossegue, acrescentando que a decisão faz parte do processo de digitalização da rede, que integra a RFID à estratégia omnichannel.

Pesquisa prévia

Hoje o e-commerce da C&A busca apoiar a operação nas lojas físicas: cerca de 80% dos consumidores que visitam as unidades da rede pesquisam previamente sobre os produtos de seu interesse na loja digital.

Além do uso nos estoques, a rede estuda expandir as aplicações da tecnologia RFID. Uma das ideias é usá-la na redução do tempo de fila, aumento do controle junto aos fornecedores e em aplicações voltadas para otimizar o abastecimento.

Especialista na implantação de soluções de RFID no varejo, a Sensormatic Solutions oferece a tecnologia a mais de 10.000 lojas pelo mundo. Maya Sumiya, diretora comercial da empresa, informa que seus projetos de inteligência de estoque são usados por companhias como Zara, Macy’s, Sears e Lululemon.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: