fbpx

Pandemia pode impactar desempenho do varejo no fim de ano, alerta estudo do IBV

Preocupações relacionadas à covid-19 estão atrapalhando o retorno da tradicional temporada de compras

Embora haja indicadores iniciais de que as pessoas estão se sentindo um pouco mais festivas para a temporada de férias de 2021 do que estavam em 2020, as preocupações relacionadas com a pandemia de covid-19 estão atrapalhando o retorno da tradicional temporada de compras e sinalizando maior alocação do orçamento familiar em viagens e atividades locais.  É o que aponta novo estudo global de consumo do Instituto for Business Value (IBV) da IBM realizado com mais de 13.000 adultos em nove países, incluindo México e Brasil.

Se por um lado confirmou que a vacinação aliviou as restrições ao comércio, a pesquisa também indicou que as pessoas ainda estão considerando cuidadosamente a segurança da socialização, das compras e de viagens, fazendo escolhas com grande cautela.

“De certa forma, os desafios enfrentados pelas marcas e varejistas em 2021 são mais complexos do que aqueles enfrentados pela indústria quando a pandemia começou. Consumidores se tornaram mais tecnológicos, pesquisando mais a cada compra e enfatizando mais a experiência”, afirma Carlos Capps, líder das indústrias de Varejo, Consumo, Saúde e Agricultura da IBM Consulting, para a América Latina.

Segundo ele, com a contínua evolução desse comportamento e do “landscape” de competidores, as empresas com melhor adaptabilidade e maior poder de inovação terão mais chance de prevalecer. “É necessário ter uma mentalidade de uma transformação digital contínua e utilizar automação, AI, blockchain e tecnologias de nuvem híbrida a favor da experiência do consumidor.”

Orçamento menor para as compras

A pesquisa mostrou ainda que, globalmente, o orçamento para as compras de fim de ano está 13% abaixo do que em 2019 e 30% acima de 2020. No Brasil, onde 80% dos consumidores disseram que vão às compras neste final de ano, o aumento teria sido menor, de 18%.

Ainda segundo o trabalho, mais de um em cada quatro adultos entrevistados começou a comprar em setembro ou antes. Na comparação com o ano passado, o dobro de pessoas planeja começar em outubro. No Brasil, 21% dos adultos entrevistados começaram a comprar ou planejar as compras em outubro, enquanto 59% irão começar entre novembro e dezembro.

Em termos de e-commerce, o trabalho apontou uma “demanda notável” para produtos locais e comerciantes via compras online neste período de festas. Mais de 40% dos consumidores planejam comprar produtos online e apenas 36% dizem que planejam comprar produtos em lojas físicas. No Brasil, as compras online são o método mais escolhido neste ano (41%), embora seguido muito de perto pelas lojas físicas (40%).

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: