Eu quero minha marca no metaverso!

Como Tommy Hilfiger, Nars e Roblox estão criando experiências virtuais imersivas e inovadoras

As primeiras plataformas de metaverso já estão mudando a forma como as pessoas interagem e compartilham experiências. E as marcas, claro, não podem ficar de fora: muitas, das mais modernas às mais tradicionais, estão adotando esses espaços digitais para lançar produtos e se conectar com o público jovem. O metaverso permite que elas criem comunidades, se comuniquem com clientes ou potenciais consumidores e construam experiências virtuais totalmente imersivas.

As experiências no metaverso foram tema de debate na NRF Retails Big Show 2023, que acontece em Nova York, até terça-feira, 17. Com mediação de Jill Manoff, editora-chefe da Glossy, os executivos Winnie Burke, chefe de Parcerias de Moda e Beleza da Roblox; Dina Fierro, vice-presidente, Inovação e Estratégia Digital Global da Nars Cosméticos; e Chris Takkenberg, vice-presidente de Produtos Digitais da Tommy Hilfiger, falaram sobre como impulsionar o posicionamento das marcas construindo experiências virtuais imersivas e inovadoras.

Para Winnie Burke, os mundos criados no metaverso são uma extensão dos canais sociais existentes, permitindo que os fãs se conectem com as marcas, criadores e membros da comunidade de uma maneira “emocionante e dinâmica”.

Winne destaca que a viabilidade de uma experiência de metaverso depende da introdução de novos produtos e atualizações contínuas de conteúdo para que os jogadores continuem voltando.

“Historicamente somos bem conhecidos como uma plataforma infantil, mas o Roblox não é mais algo voltado apenas para as crianças. Somos uma empresa de 16 anos e estamos em constante evolução” disse. Assim, usuários mais antigos, que eram pré-adolescentes ou adolescentes e não estavam inseridos no mercado de consumo, agora são jovens adultos na faixa dos 20 e 30 anos. “Isso cria muitas oportunidades porque hoje temos milhões de usuários ativos diariamente na plataforma e milhões de experiências de conteúdo para as pessoas aproveitarem”, afirma.

A executiva destaca as oportunidades que as marcas presentes no Roblox têm de se envolver com pessoas que “gostam de socializar”. “É diferente das outras plataformas sociais, porque essa é uma socialização imersiva. É uma maneira de você ter uma conversa não apenas como uma marca, mas para as pessoas falarem umas com as outras em um cenário muito diferente. É também sobre como podemos compartilhar experiências uns com os outros.”

Outro aspecto importante do Roblox, claro, é a criação. “Somos uma plataforma liderada pela comunidade, então todo o conteúdo é criado pela comunidade. É muito, muito emocionante ver o que eles inventam. Apesar de a plataforma fornecer as ferramentas e a tecnologia, é a comunidade que está inovando.”

Ela destaca que a plataforma, que hoje trabalha em colaboração com cerca de 100 marcas, pode ser usada por todo tipo de negócio. “Toda marca pode criar uma experiência no Roblox. Não há limite. Então, qualquer marca, pequena ou grande, que quer contar sua história, tem essa oportunidade no Roblox. E isso se faz por meio da colaboração em comunidade, além dos designers digitais que podem ajudar a levar vida à marca.”

Banner Curso ONE FRIEDMAN

metaverso

Avatares e produtos

Não por acaso, o mundo Roblox tem atraído inúmeras marcas, que desenvolveram espaços virtuais para permitir que os usuários interajam com seus produtos. Entre elas, está a Nars Cosmetics, que criou ilhas tropicais dentro do Nars Color Quest, nas quais os usuários podem personalizar seus avatares usando produtos Nars digitais, bem como se conectar e se comunicar com personagens não-jogadores (NPCs), que foram situados em todo o espaço virtual.

“Acho que, para qualquer profissional de marketing, é essencial mergulhar em ambientes nos quais você possa estar interessado em construir algo. Então, eu e minha equipe passamos muito tempo na plataforma explorando as experiências de outras pessoas. A comunidade que envolve o Roblox é incrivelmente apaixonada. E ninguém entende a comunidade melhor do que os criadores da plataforma.”

A Tommy Hilfiger entrou no metaverso com a plataforma Tommy Play – que é atualizada com frequência, o que significa que mesmo os visitantes regulares sempre podem encontrar algo novo para explorar e experimentar. 

Em 2022, a marca de luxo se juntou a mais de 50 empresas no Metaverse Fashion Week, um espaço de varejo virtual na plataforma Decentraland, baseada em blockchain. Em um evento de quatro dias, os avatares dos visitantes tiveram contato com os produtos das marcas em 3D.

A marca também tem promovido ações no metaverso do Roblox. A loja da Tommy Hilfiger na plataforma exibe grandes estátuas de animais de pedra inspiradas no zoológico do Bronx e etiquetas de artistas de rua locais. É um centro para os produtos da coleção Tommy Jeans Pop, que incluem blusões, moletons e acessórios icônicos. A ideia é, acima de tudo, envolver a marca com o consumidor digital. 

“Estamos abordando a experiência do Roblox com a mente aberta. Os principais objetivos que temos são em torno de experiências e engajamento”

Imagens: Reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

https://www.youtube.com/watch?v=hJe-myuv4BA

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist