fbpx

Panorama Mercado&Consumo: Inflação em alta acende alerta no Brasil e nos EUA

Gouvêa Analytics faz balanço da semana que passou e traça perspectivas para os próximos dias

A inflação segue surpreendendo o mercado no Brasil e pode fechar o ano acumulada em mais de 8%. Alimentos, habitação e serviços ganharam destaque, além de bens impactados pelo choque de oferta e pela crise energética.

Nos Estados Unidos, a inflação também se generalizou entre vários grupos de produtos e a possibilidade de alta nos juros em 2022 é cada vez mais certa. Na China, depois do susto da potencial quebra da Evergrande e de outras empresas do setor, o governo se convenceu de que a regulação pesada sobre novos empréstimos das empresas pode ser prejudicial à economia.

Esses e outros temas são tratados no “Panorama Mercado&Consumo” desta semana, produzido pelo time da Gouvêa Analytics, integrante da Gouvêa Ecosystem. Confira, a seguir, os principais pontos de atenção nos próximos dias na economia.

Cenário econômico nacional

O anúncio do IPCA de outubro no Brasil novamente surpreendeu o mercado. O índice veio acima das expectativas e marcou 1,25%, levando o índice no ano a 8,24% e em doze meses para 10,67%. Com isso, o índice geral deve ficar acima de 10% em 2021 e pode inclusive bater 11% em doze meses em janeiro de 2022, uma vez que a inflação no primeiro mês deste ano foi de 0,25%. O índice mostrou que a inflação não se resume a bens sujeitos a choque de oferta ou à crise energética, pois alimentos, habitação e serviços também vieram todos acima de 1%.

O comércio voltou a mostrar desaceleração. A Pesquisa Mensal de Comércio voltou a ficar negativa em setembro, depois de um número ruim em agosto. A queda, agora, foi de 1,3%. Parece que o cenário econômico mais negativo – com inflação alta, juros subindo com força, mercado de trabalho fraco e concorrência com serviços – está se sobrepondo à abertura sanitária. O índice que já teve alta de 12 meses próxima a 10% durante o ano deve fechar 2021 próximo de 5%.

O leilão das bandas de 5G foi um sucesso e arrecadou quase R$ 50 bilhões. Mas o mais importante foi o desenho benfeito do leilão, que atraiu vários concorrentes e deve gerar concorrência para a qualidade do serviço. A nova banda atinge o que chamamos de Internet das Coisas: vai permitir, por exemplo, entregas e carros sem motoristas, comando de empresas a distância, melhorias em comunicação urgentes, exames com médico a distância, dentre outros. Permitirá que a eficiência e produtividade sejam melhoradas.

Cenário econômico internacional

A inflação americana, medida pelo CPI, assustou o mercado. O índice anual bateu em 6,2%, o maior em 30 anos. O chamado Core, que extrai preços voláteis chegou a 4,6%, mais do dobro da meta daquele país. Assim como no Brasil a inflação nos Estados Unidos também se generalizou entre grupo de produtos. A rápida recuperação, os incentivos trilionários do governo Biden e os gargalos nas linhas de produção são as principais causas do processo inflacionário. Esse número deve acelerar a diminuição da compra de ativos pelo FED e o aumento de juros ainda em 2022 é cada vez mais certo.

Na China, o governo pensa em abrandar as restrições sobre empresas alavancadas para diminuir a pressão sobre o setor imobiliário. Depois do susto da potencial quebra da Evergrande e de outras empresas do setor, o governo se convenceu de que a regulação pesada sobre novos empréstimos das empresas (three red lines) pode ser prejudicial ao setor e à economia chinesa. Esse foi o primeiro passo do governo na direção de aliviar a situação do setor.

Imagem: Shutterstock

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: