Inovabilidade: o conceito que finalmente une o melhor do que tivemos nos últimos anos será o tema de 2022

O Brasil é mesmo um dos cenários de maior inovação e no qual alguns dos pilares da sustentabilidade mais podem ganhar espaço nos próximos anos. Acerca destes dois pontos, os números não mentem: o País foi responsável por aumentar em 20 vezes o número de startups criadas em 10 anos, tendo seu recorde em 2018, quando o número de empresas com as características de startup bateu os 10 mil, segundo a Associação Brasileira de Startups.

Na parte de sustentabilidade, nem precisamos falar o que já é óbvio. As riquezas naturais que possuímos têm um potencial de fazer com que possamos ascender economicamente de forma sustentável: temos a maior floresta do mundo, a maior reserva de água doce do planeta e outras características capazes de nos tornar uma das maiores economias centradas no impacto social do mundo. O que precisa, de fato, é que o país passe a valorizar e preservar todos esses recursos.

Com esses dois pontos convergentes, não há como não pensar que seremos o palco ideal para a implantação da ideia do Innovability, ou Inovabilidade. O conceito criado a partir da junção da inovação e sustentabilidade tem se provado como algo não só bom para o planeta, mas também rentável para as empresas de todos os segmentos que têm se guiado pelos seus preceitos.

Trazer a sustentabilidade para se pensar ações inovadoras e trazer inovação para os tipos de iniciativas sustentáveis tem sido o casamento perfeito para geração de valor para as empresas que estão apostando no futuro.

E se notarmos que investimento é algo que mira o futuro, logo vamos saber que o futuro em si será regido pela Inovabilidade. Para se ter uma ideia, segundo relatório da consultoria Allied Market Research, o volume de recursos investidos em empresas com foco em inovação para sustentabilidade vai aumentar de US$ 6,8 bilhões (2018) para US$ 44,6 bilhões em 2026.

Isso significa que uma atmosfera cada vez mais aberta de inovação, baseada na sustentabilidade, deve chegar aos mais variados tipos de negócios. Isso é fundamental para tempos incertos e é sobre isso que o Grupo Bittencourt tem buscado gerar influência, a consciência sobre esses aspectos que guiam o futuro. Para tornar esse papel ainda mais tangível, os trazemos como tema do nosso maior e mais importante evento sobre gestão de negócios em rede: o BConnected.

Nossa crença é de que, em tempos de incerteza, a inovação e a sustentabilidade nos negócios devem servir de alicerce para os próximos passos de qualquer tipo de negócio que queira se afirmar perene e contribuir para um mundo melhor.

Até o BConnected, que vai ocorrer nos dias 4 e 5 de outubro, você ainda deve ouvir falar um pouco mais dos temas “Imprevisibilidade e Inovabilidade”. Esteja certo de que o melhor dessa discussão será apresentado e, como sempre, estaremos dispostos a dar nossa contribuição para um mundo cada vez mais focado em Innovability.

Vamos juntos?

Lyana Bittencourt é CEO do Grupo Bittencourt.
Imagem: Pixabay

Lyana Bittencourt

Lyana Bittencourt

Lyana Bittencourt é sócia-diretora do Grupo Bittencourt, consultoria especializada no desenvolvimento e expansão de redes de franquias e negócios, parte do ecossistema da Gouvêa com a chancela “powered by”.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: