Empresas de full commerce. Apostar nesse modelo?

Com o objetivo de solucionar algumas defasagens que os empreendedores têm em relação ao seu comércio eletrônico, tivemos o surgimento do full commerce, um serviço de terceirização que tem ganhado grande notoriedade para diferentes áreas, visando apoiar as operações.

Essa prática de comércio full commerce ocorre quando o empreendedor de um determinado varejo terceiriza toda a parte de planejamento, logística, marketing, atendimento ao cliente, meios de pagamento, segurança digital, operação e consultoria, entre outras atividades relacionadas à operação de um e-commerce.

O modelo de negócio full commerce é adotado em todo nosso território nacional, em parte devido ao aumento de busca e compra do comércio eletrônico local, apresentando uma evolução que parte de diversos setores.

Afinal, é muito comum encontrarmos organizações iniciando e/ou dispostas a desenvolver seu negócio podendo terceirizar parte de sua operação. Cuidar de um negócio nunca é uma tarefa fácil, pois são inúmeras questões de diferentes formas que devem ser tratadas, do planejamento à logística, e tudo isso ligado às vendas online pelo e-commerce.

Pensando assim, uma oportunidade pode surgir e auxiliar o seu negócio. Focar nas principais tarefas pode ser uma das principais maneiras de alcançar o sucesso em sua loja virtual. Isso pode ocorrer por diversos fatores, e dos mais evidentes são os casos em que não se tem a mão de obra para realizar o serviço ou até mesmo a expertise. Ainda é grande o número de empresas do varejo virtual que encerram suas atividades logo no primeiro ano.

O que tem levado gestores a adotarem o modelo full commerce? Como o full commerce pode te ajudar?

Neste momento, muitos dos empreendedores encontram-se diante de cenário desafiador, tendo de tomar grandes decisões. É preciso garantir que todas as atividades sejam feitas sem precisar constantemente ficar pensando nelas. Garantir que elas possam complementar seguramente de forma sistêmica as informações para a gestão de toda a operação e performance da equipe, de forma automática, e que sejam monitoradas.

Podemos ter importantes benefícios de se contratar empresas de full commerce.

Listamos, aqui, alguns resultados esperados e que devem ser buscados na implantação deste modelo e ao longo de sua melhoria constante.

1. Redução de custos

Um dos assuntos principais para a perenidade das organizações é sempre gerar oportunidades de “reduzir custos”. Mas muitos ainda têm dúvidas de por que terceirizar serviços ajuda o negócio a diminuir os custos. Um verdade que podemos dizer é que a falta de conhecimento especializado em algumas áreas pode fazer com que os valores operacionais sejam muito mais altos.

De estratégias de marketing e divulgação ao inventário do estoque, as companhias especializadas possuem o conhecimento para criar boas estratégias, sem impactar negativamente o bolso, inclusive ajudando a vender mais e resolver nosso próximo tópico.

2. Resolução de problemas

Um dos temas que envolve diretamente o assunto “redução de custos”, a resolução dos problemas pode afetar positivamente a redução de custos. Não tem como resolver problemas sem identificar, classificar e tratar o problema, saber que eles existem. Por conta disso, o monitoramento eficiente é tão importante quanto as regras de negócio, principalmente com as empresas de full commerce.

Algumas questões podem passar pela gestão das empresas, impactando diretamente o resultado e a credibilidade. Elas podem ser notadas quando se conta com uma gestão profissional do e-commerce.

3. Aumento das vendas

O tema acima cita que podemos dizer que uma boa gestão do negócio com o full commerce pode fazer com que as vendas aumentem. Isso se dá por diferentes motivos, como otimização no marketing, criação de anúncios relevantes, simplificação do checkout de pagamento, gerenciamento inteligente do estoque e muito mais.

A soma de todos os itens acima potencializa as vendas, sendo possível alcançar melhores resultados adotando uma possibilidade de criação de estratégias personalizadas tanto para o e-commerce quanto para o consumidor final.

4. Melhora da experiência do cliente

Precisamos sempre ficar atentos a esse tema, pois diferentes questões podem influenciar na experiência do cliente ao comprar um produto no e-commerce, como layout, navegabilidade, responsividade da página, checkout transparente, frete grátis e até o recebimento e a devolução do pedido.

Todo esse ciclo produtivo faz parte do processo de vendas de um negócio e conquistar a satisfação do consumidor é uma das principais maneiras de fidelizar e encantar o cliente, fazendo com que ele compre novamente na loja ou, até mesmo, faça divulgação em mídias sociais.

5. Monitoramento

Com o full commerce, é possível monitorar seus dados de operações.

Por meio dos dados gerados pela empresa terceirizada, é possível perceber o que tem dado resultado e o que precisa ser aprimorado no seu e-commerce. Por um painel de controle, por exemplo, você pode perceber que suas entregas estão sempre saindo com atraso.

Isso é um sinal de que existe uma falha entre o processamento do pedido e a notificação de que a compra foi aprovada. Ou, ainda, pode indicar que algum processo na separação dos pedidos pode estar em não conformidade.

Além de fornecer ao varejista uma visão integral sobre seu negócio e maior tempo disponível para levantamento de soluções adequadas para a loja, agilizando as operações, o full commerce fornece o monitoramento de canais envolvidos, melhorando solução de problemas na logística e em outros setores, com sistemas inteligentes e integrados, tornando-se um grande diferencial competitivo no mercado.

Se interessou sobre full commerce ? Esperamos que, com essas dicas, você se sinta mais seguro para começar a trabalhar para o sucesso do seu negócio.

Roberto de Souza Furtado é consultor na Gouvêa Consulting.
Imagem: Shutterstock

Roberto de Souza Furtado

Roberto de Souza Furtado

Executivo, profissional multidisciplinar com 14 anos de experiência em Gestão de Projetos, Planejamento Estratégico em ambientes de grande porte empresarial , e Head em equipes de alta performance e implantação de estratégias de negócios para Fintech e Techfin como Gerente de Portfolio em nível corporativo. Grande entusiasta de ferramentas disruptivas como: IA Inteligência Artificial- machine learning ,IOT Internet das coisas, Experiencias Imersivas (Realidade virtual e Aumentada), Edge e Cloud Computing, Blockchain e energia renovável.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: